Entrevista com Anderson Camargo, o Andy

Recebi esta entrevista feita pelo Miguelito da Dicanto Park com um piloto novo chamado Andy que está aparecendo muito bem la no Sul.
Obrigado Miguel pela matéria e muito legal seu envolvimento ajudando a nova geração. Valeu Andy pelo agradecimento. Saiba que aqui você sempre terá espaço.

andy01

Nome, idade e onde mora?
Anderson Camargo, mais conhecido como Andy, tenho 16 anos, moro na cidade de Não Me Toque no Rio Grande Do Sul.

Quando foi que você decidiu que queria andar de BMX?
Comecei a andar com 13 anos em 2012. Via a garotada andando e me interessei, adquiri minha primeira bike com dificuldade, pois ainda não tinha o apoio em casa ainda. Minha pista local não é ideal para a prática do BMX, é uma pista pequena (um mini ramp cavado para baixo da terra) mas ando tudo que consigo nela. A cidade onde moro é uma cidade pacata bem pequena na região norte do Rio Grande do Sul. Assim que percebi que queria andar mesmo de bike, comecei a ir para Passo Fundo, cidade onde tem uma pista mais adequada para andar. Assim que minha família viu meu real interesse pelo esporte, começaram a me apoiar e me incentivar, logo comecei a me interessar por campeonatos e viagens e também andar e descobrir pistas novas aqui no sul.

Fale um pouco sobre sua relação com o BMX.
Sempre procurei participar dos maiores campeonatos aqui da região.Com muito esforço e dedicação consegui me destacar em alguns campeonatos que corri, com isso ganhei um apoio de uma loja nova e que está crescendo no BMX que é a Over Clothing da cidade de Passo Fundo – RS.
Quando estou em uma competição, sempre tento fazer um role limpo e diferente e me divertir sem aquela pressão que geralmente campeonatos exigem. Pra mim o que vale é andar com toda galera e rever os amigos.
Gosto de fazer trips com os camaradas, conhecer lugares novos e pistas novas. Tenho muito amor pelo park, mas ando onde tiver que andar, gosto mesmo de estar com minha bike, sentir aquela liberdade que ela oferece e me divertir. Na minha opinião, a cena do sul está crescendo, estão aparecendo novos pilotos e novas pistas fazendo a cena crescer cada vez mais.

Alguns pilotos em particular que você possa dizer que te influenciaram ou influenciam atualmente?
Vou citar três inspirações minhas no Brasil que é o Doguete, Leandro Moreira (Overall) e André Jesus. Falando fora do Brasil, minhas inspirações é Daniel Sandoval, Harry Main e Logan Martin.

No fone de ouvido, toca o que?
Gosto de andar ouvindo um som. Curto um rap, um rock clássico e alguns estilos de músicas que se adaptam com o lugar onde estou andando e a vibe em que estou. Gosto de assistir vídeos de BMX antes de ir pro role pois chego concentrado e começo a fluir as manobras.

Quais seus objetivos pra o ano de 2015?
Meus objetivo para 2015 é ir para São Paulo, conhecer a cena e os pilotos locais. Sonho em conhecer algumas pistas da cidade e tentar conseguir um patrocínio que me ajude um pouco mais.
Quero agradecer o Miguel da Dicanto Park que me ajudou a montar está matéria e está me incentivando e ajudando a evoluir meu role e meu psicológico. Quero agradecer a Over Clothing pela força me mandando sempre roupas muito style, também agradeço muito a minha família e a Prefeitura de Não Me Toque que está começando a me ajudar e quero agradecer muito ao Cris Glass que me deu este espaço para que eu pudesse me apresentar e falar um pouco sobre minha vida na bike.

Veja o Facebook dele clicando AQUI

andy04

andy03

andy02

 

Deixe uma resposta

Arquivos