P&P – Pistas e Picos

10 dicas para não ser o mané no park

Tá certo, é um espaço público, mas nem por isso é que você tem o direito de ficar sentado na borda da transição contanto suas lorotas, dropando na frente dos outros ou ficar brincando de escorregar na 45, por isso, cito 10 dicas para que você não seja o mané do “skate” park.

 

1. Não seja um Zoião.

sktfight

Respeite a fila e espere sua vez. Em todos os parks, existe uma espécie de fila invisível entre todos os usuários ( bikes, skatistas e rollers, geralmente)  e todos ”geralmente” sabem mais ou menos a linha que cada um esta andando, por isso, é possível até que se drope junto com outra pessoa, desde que se saiba que não vai atrapalhar a linha de alguém que já estava andando.

 

2. Não seja um Maratonista.

nyc_marathon_costumes_05

Sabemos que você é um super atleta e tem um verdadeiro arsenal de manobras e que poderia andar o dia inteiro sem repetir uma única trick , mas cara, tem mais gente pra andar, então calcule mais ou menos o tamanho da pista e monte um role, onde você faça sua linha e suas tricks, mas tenha consciência que tem gente esperando para fazer o mesmo.

 

3. Não faça entrevistas

Lili-girl-bmx-rider-interview-2

Se você esta começando agora e encontra alguém mais experiente no park, você deve querer saber como o cara passa o spine, como é um no hander, um whip, um bars e o bob? Puxo e pulo? Pulo e puxo? Cheeeeeeeegaaaaaaaa!!!

Isso pode ser muito irritante e afastar qualquer um de você, ao invés disso tente cumprimentar o cara e fazer um pergunta simples e curta e deixe que depois role uma conversa naturalmente, tipo,” E ai cara? Muito louco seu role, que quadro é esse? Valeu vai lá!

 

4.Cada um no seu quadrado.

BIKE-SIT

Se você quer aprender bob, bob 180, bob 360, manual, fazer uma selfie pra postar no facebook com uma frase idiota ou qualquer outra coisa que não envolva os obstáculos do park, então, faça fora!  Não atrapalhe quem está tentando andar!

 

5. Não seja um Fela…

kids

É muito comum eu ouvir da galera do nosso esporte que não temos apoio e que o esporte não cresce, mas os mesmos que reclamam, muitas vezes não incentivam e tratam mau quem é mais novo e está começando. Seja educado com os pequenos, com um pouco de paciência eles logo param de incomodar. E aí quem sabe, no futuro, aquele pivete chato te de um autógrafo.

 

6. Evite ser o ”Bonzão”.

dm_130501_Old_School_BMX_Reunion_2013

Não, não estou dizendo pra você não dar tudo de si no seu role, mas se tem alguém tentando uma manobra com certa dificuldade para acertar, você não precisa ir lá no mesmo local que a pessoa e acertar a mesmíssima manobra na cara da pessoa como se fosse a coisa mais simples do mundo. A não ser que seja seu camarada, ao qual você não tem muito respeito, ai sim, faça a manobra e grite ” NA SUA CARA, TROUXA”.

 

7. Não sente na borda.

caixote

Não amiguinho, isso não é um banco. Sai daí C@$**!!!!

 

8. Respeite os locais.

bmx gang

Se for a primeira vez que vai a um local, por mais que a pista esteja fazia, tente saber o que acontece por lá para que você não desrespeite o local e nem os locais, não acontece em todas as pistas, mas algumas pistas são cuidadas com enorme carinho, por tanto, não saia enfiando as suas pegs em tudo quanto é canto, fazendo buracos e depois vai embora, demonstre respeito. Você poderá ser convidado a sair da pista e nunca mais voltar, de forma violenta. (não que eu concorde com a violência, mas sabemos que isso é o que rola nas ruas)

 

9. Se ligue nos skates.

Drop-in1

Sei que é uma mania do cacete, o carinha do skate parado com o skate na borda sem dropar, mas a galera do skate, usa a pista de uma forma bem diferente dos bikers, o espaço que ocupam e suas linhas são bem diferentes das nossas, mas os caras são de boa, quando se deparar com uma situação dessas, ao invés de ficar olhando de cara feia no canto, use a educação, as vezes um ”ae man, cho passa aí” já é suficiente.

 

10. Desculpa então.

sorry

E por ultimo, todos estamos sujeitos a fazer uma meeerda, tipo, dropar na frente do outro, pular em cima de alguém, deixar a bike dar aquela escapada e voar “sem querer” em cima de alguém, mas aí é muito simples, peça desculpas, tipo, “foi mau aí brodi”.

Essa matéria foi inspirada do site ridebmx “10 things not to do at a skatepark“. Click no link para a original.

Imagens ilustrativas

Arquivos